date Duas Leitoras | Literatura e entretenimento: {Resenha premiada} A mais pura verdade [ENCERRADO]

10/06/2015

{Resenha premiada} A mais pura verdade [ENCERRADO]

10/06/2015
Oi, gente!
Quem acompanha o blog ou é meu amigo no Skoob sabe que eu estava lendo A mais pura verdade para me "curar" do fim de Insurgente e me preparar psicologicamente para Convergente. Estava precisando de algo mais leve, mais curto, mas ainda assim reflexivo. AMPV parecia o livro perfeito, mas infelizmente não foi tão bom quanto imaginei...

A mais pura verdade

Autor: Dan Gemeinhart
Editora: Novo Conceito
Gênero: Sick-lit
Páginas: 224
Avaliação: 3/5

Por favor, não me venham com pedras! O livro não é horrível e com certeza tirei diversos ensinamentos dele, mas só conseguiu me prender de verdade lá pelo final (página 150, aproximadamente).

Explico: a narrativa é "intercalada" entre Mark e sua amiga Jessie. Os capítulos que trazem consigo o 1/2 são relacionados à Jessie e uma decisão importante que ela precisa tomar. Acontece que nenhuma dessas narrativas me envolveram. A leitura é leve, fluida e levaria apenas um dia para ser concluída, mas por conta desse meu "não-envolvimento" acabou levando quatro dias.
a-mais-pura-verdade-e-bom
resenhas-livros-sick-lit ← Cada capítulo inicia assim: com a mesma imagem da capa (que será explicada no meio do livro) e os quilômetros restantes até o Monte Rainier. São em 1a pessoa


Os capítulos com 1/2 são referentes à Jessie e são bem mais curtos que os de Mark. São em 3a pessoa


Mark resolve fugir de casa para realizar um sonho: escalar uma montanha. Temos alguns problemas: Mark tem apenas 12 anos e está debilitado devido a uma terrível doença. Parece muito improvável que ele vá conseguir escalar essa montanha, mas ele sabe que não é impossível! Munido de algumas barras de proteína, frutas, água, alguns dólares, uma máquina fotográfica analógica e seu cachorro Beau, Mark sai determinado a realizar esse grande desejo e provar que ele é capaz, apesar de tudo.

Uma coisa que me irritou muito foi não saber como pronuncia Beau. Beu? Biu? Bô? BEAU mesmo não pode ser. Ou pode? Por favor, se alguém souber a resposta, me conta!

Mark deixa uma pista falsa e todos vão atrás dela. Enquanto isso, ele está se dirigindo para o Monte Rainier. Apenas uma pessoa sabe disso: Jessie. Apenas ela pode dizer aos pais de Mark para onde ele foi e o que está, de fato, acontecendo. Os jornais já começaram a noticiar o desaparecimento do menino de 12 anos e pedem que qualquer informação útil seja dada. Jessie está dividida entre o pedido do amigo e o pedido dos pais. O que ela vai fazer?

Em sua longa jornada, o menino vai passando por diversas situações. Ele insiste para si e para todos que não precisa de ninguém e que pode fazer qualquer coisa sozinho. As pessoas que tentam ajudá-lo são instantaneamente repelidas e a raiva é crescente. Como era de se esperar, muitas dificuldades estão em seu caminho. Nem todas as pessoas querem ajudar...

Como eu disse no começo da postagem, a trama só conseguiu me envolver (e me fazer derramar diversas lágrimas) lá pelo fim. Aliás, o fim me deixou bastante surpresa. Pode parecer meio óbvio para algumas pessoas, mas para mim não foi.
livros-e-quotes
Enfim, o livro teve 13 quotes marcados e eu selecionei alguns para vocês:

 Às vezes, chorar é mais fácil quando alguém chora com você. Mas outras vezes só torna a situação ainda pior. - Página 67
Esta é uma coisa que eu não entendo: por que as pessoas sempre acham que podem fazer alguma coisa só porque querem. - Página 111
Eu não disse nada. De vez em quando, mesmo as respostas certas parecem erradas, se você não gosta da pergunta. Essa é a mais pura verdade. - Página 146
A raiva só faz sentido quando você está preso no meio dela. - Página 215

Não encontrei erros de revisão. As folhas são amareladas e transferem pouca coisa de um lado para o outro, sem atrapalhar a leitura. A margem e o espaçamento estão excelentes e a fonte é de um tamanho bem agradável.

Então é isso, gente. Espero que tenham gostado da resenha e até a próxima!

...

Tô brincando! Ainda tem sorteio para quem ficou curioso sobre a história de Mark.

livros-com-lombada-amarela

Serão 2 ganhadores! O primeiro leva a edição integral do livro e o segundo leva a amostra com os 6 primeiros capítulos. POR FAVOR, LEIAM O TERMS & CONDITIONS para evitar a desclassificação. Não coloquei no formulário, mas por favor coloquem o e-mail no fim do comentário para ser mais fácil entrar em contato

a Rafflecopter giveaway


OBS: Mais uma vez, desculpem pela qualidade das fotos. AINDA não devolveram minha câmera :@
Não esqueçam que esses livros foram meus, então não são NOVOS apesar de estarem em perfeito estado.

Qualquer dúvida, podem comentar aqui mesmo que eu responderei o quanto antes!

Beijos!

68 comentários:

  1. Adorei a sua resenha, sem falar que ela está bem sincera.
    Eu tenho curiosidade sobre o livro por causa dos ensinamentos que ele trás. Se até você que não se prendeu tanto a obra achou que ele acrescenta bastante nesse sentido, com certeza vale lê-lo.
    A questão de não saber como pronunciar o nome do personagem também me irrita um pouquinho. Ele fica me parecendo um eterno desconhecido.
    Excelente resenha!

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de junho. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marcos/Natalia (nunca sei com quem tô falando kkkkkkkkkk)
      Pois é, apesar de não poder dizer NOOOSSA QUE LIVRO INCRÍVEL ele traz muitos ensinamentos, sim! Apesar das ressalvas feitas, recomendo a leitura. Eu sou meio chata mesmo :p
      E eu tô agoniada pra saber como pronuncia esse m$¨*@ nome hahahaha
      Obrigada pelo elogio :)
      Boa sorte!

      Excluir
    2. É o Marcos, Kemmy. Sou sempre eu quem comenta por aqui. kkkkkkk
      Quase todos os livros tem lá os seus pontos fracos, mas se a obra traz uma mensagem interessante, ignoramos os pontos fracos. rs

      Obrigado. <3

      Excluir
  2. Oi Kemmy tudo bem ?

    Ainda não me senti atraída por esse livro e olha que amo dramas, o livro está na minha estante e pretendo ler ainda esse ano mas não sei ainda quando, mas não entendi o livro até te fez chorar mas não te conquistou ? Eu sou muito díficil e chorar lendo alguma coisa mas se eu chorar em algum eu já amo e classifico como o melhor livro da vida rsrs mas enfim espero que vc volte ler Convergente logo porque amo essa série e vale a pena.

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Dessa.
      Então, ele me fez chorar sim mas as partes emocionantes e os ensinamentos não fizeram valer, sabe? Realmente é algo que não consigo explicar direito, mas a narrativa não me agradou tanto quanto eu imaginava. Talvez tenha sido as altas expectativas ou a escrita do autor, mesmo :/ me irritei demais com a quantidade de "Essa é a mais pura verdade" no decorrer do livro! Ok que faz todo o sentido, mas acho que foi uma quantidade bem desnecessária.
      Logo volto pra terminar Divergente com o coração na mão hahahha

      Beijos!

      Excluir
  3. Eu estou participando de promoções desse mesmo livro em vários blogs e tenho lido críticas muito boas dele. Não acho anormal que não tenha se envolvido tanto na história, acontece. Mas mesmo assim eu gostei da premissa...garoto doente que quer se desafiar, a amiga que fica dividida em ajudá-lo e fazer sua vontade, a expectativa de saber se ele vai conseguir ou não.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tamara!
      Realmente, apesar de não ter me envolvido totalmente, é uma leitura recomendada!
      Boa sorte :)

      Beijo!

      Excluir
  4. Kemmy!
    Para mim o protagonista principal nem é Mark, é Beau... que cachorrinho mais lindo, fiel, leal...tudo o que há de melhor. Tem um amor incondicional por Mark e acredito que sem ele, o menino não conseguiria passar por tudo que passou.

    Participo do sorteio e mais tarde sairá divulgação no blog.

    “A vida sem ciência é uma espécie de morte.”(Sócrates)
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe no nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Rudy!
      O Beau muitas vezes rouba a cena. Fiquei pensando se meu cachorrinho faria isso e tenho certeza de que faria!
      Lindeza mesmo.
      Obrigada pela divulgação :)

      Beijo!

      Excluir
  5. Gostei de sua resenha, foi sincera acima de tudo e mesmo sem ter sido envolvida pela narrativa ainda sim o livro parece ter algo que vale a pena persistir nele até o fim - antes isso que perder horas da sua vida por teimosia e ver que o livro foi uma decepção completa, como já ocorreu comigo ç.ç
    Um garoto em condições tão difíceis possuir um desejo desses me deixa curiosa, principalmente com sua relutância em aceitar ajuda. Me parece um livro que possui algo a se tirar para a vida, e como ainda não tive chance de lê-lo, estou participando do sorteio <3
    Ah, eu não faço ideia de como se lê Beau também o.o
    Enfim, eu adorei a resenha.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Karina!
      Fico feliz em saber que curtiu a resenha. Fiquei com medo de não conseguir explicar bem meu ponto de vista hahah
      Então, realmente o livro não foi uma perda de tempo e eu recomendo, apesar de não ter me envolvido tanto assim.
      Beijo!

      Excluir
  6. Acho que esqueci de escrever meu e-mail no comentário anterior, me distraio muito fácil x.x
    Enfim, caso eu tenha esquecido é: karinavalshe@gmail.com

    ResponderExcluir
  7. Oie
    Que pena que o livro não conseguiu te envolver logo de início a história parece ser muito boa.E Beau conseguiu roubar a cena,e eu também não sei o modo certo de pronunciar o nome desse cachorro.De qualquer forma a leitura deve ter sido proveitosa e já estou me preparando pra derramar umas lágrimas com a história e esses inícios de capítulos estão muito bonitos.
    Beijos
    leticiaasouza52@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Letícia!
      A história é bacana, mas acho que foi a escrita que não conseguiu me envolver, sabe? De qualquer forma, não foi uma perda de tempo! Prepara o lencinho sim hahaha
      Boa sorte!

      Excluir
  8. achei incrivel e seria otimo ler este livro, descreveu bem o livro e me criou expectativas para leitura.

    carine_bastos@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carine.
      É um livro bem fofinho.
      Boa sorte!

      Excluir
  9. Nunca li nada deste autor, pela resenha achei ele um pouco confuso no ínicio, mas lendo estes trechos que separou, fiquei curiosa para saber mais sobre ele pois realmente nos trchos que separou tem tudo a ver com o título do livro.lusantosguimaraes@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lu.
      Acho que esse é o primeiro livro do autor (não tenho certeza).
      Ele tem trechos ótimos! Pena que não pude colocar todos que selecionei, ou o post ficaria muito grande
      Boa sorte!

      Excluir
  10. Hello!!
    Nossa, uma pena que nao tenha se envolvido com a estória, realmente a leva a eternidade para terminar qdo é assim.
    Então, se Beau for uma palavra francesa, se pronuncia Bô, que inclusive eu acho fofinho para um dog (amoooo pets! hehe)
    So pelo cachorrinho na capa eu ja queria ler o livro, mas vc nao é a primeira resenha que leio q não gostou mto do livro, mas mesmo assim quero ganhar e tirar as minhas conclusões. =)
    Não conhecia seu blog e vou participar mais agora.
    Bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Suzzy!
      Acho que deve ser "Bô" mesmo, né? hahaha obrigada por responder!
      Vou adorar te ver por aqui
      Beijos e boa sorte!

      Excluir
  11. Eu gosto quando as resenhas são sinceras e a sua foi, adorei. É uma pena mesmo que voce não tenha gostando muito dele, não sei se eu tambem gostaria, mas se tiver a oportunidade pretendo le-lo porque estou bem curiosa e quero tirar minhas conclusões, mesmo não colocando muitas expectativas nele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Brenda
      Acho que as melhores leituras são aquelas em que não colocamos expectativa alguma. Assim, sem riscos de se decepcionar haha
      Boa sorte!

      Excluir
  12. Sempre tive uma queda por livros de capa azul clara, e estou com expectativas de que esse livro será uma boa opção para ler durante a semana.

    louise_ferreiralinda@yahoo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Louise.
      A capa é uma fofura só!
      Fiquei curiosa pra saber qual era a relação exata com a história
      Boa sorte!

      Excluir
  13. Oi, obrigada pela resenha sincera! Eu queria muito ler esse livro, me apaixonei pela capa (sou dessas, me julguem haha), e achei que seria uma ótima leitura! Gosto de livros que nos surpreendem no final, e agora me instigou ainda mais a ler depois da sua resenha, vou ficar querendo saber a todo custo o que lhe fez derramar lágrimas rs
    Quanto ao questionamento, eu também não sei, mas fico com o Biu :p
    Beijosss!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Janaynna!
      Que isso, é minha "função" ser sincera em relação ao que leio.
      A capa é linda mesmo e eu seria uma coração de pedra se não chorasse hahaha
      Boa sorte! Beijo!

      Excluir
  14. Sabe que não curti esse livro. Assim como você consegui me envolver apenas no final dele. No fim nem resenhei ele. :(


    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Helana
      Acho que foi algo na escrita do autor :/ não sei, aconteceu o mesmo com A culpa é das estrelas (mas ainda pretendo ler algo do John Green porque amei Quem é você, Alasca?)

      Beijos!

      Excluir
  15. Olá Kemmy!
    Se prepare realmente para Convergente, pq foi difícil </3
    Sobre Beau: pronuncio "Bou/Bô". Olha no Google Tradutor que você vê certinho!
    Inicialmente fiquei curiosa com o desejo dele de querer ir em uma jornada dessa estando debilitado, mas depois entendi. Pude perceber o por que quando você disse que ele insiste para si e para todos que não precisa da ajuda de ninguém (me identifiquei bastante haha, maldito orgulho próprio).
    E AMEI esse quote "Eu não disse nada. De vez em quando, mesmo as respostas certas parecem erradas, se você não gosta da pergunta. Essa é a mais pura verdade."

    Beijosss ♥♥♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bruna
      Obrigada por me ajudar nessa agonia em não saber a pronúncia haha
      Convergente acho que vou deixar pro mês que vem.... :/
      E eu também amei esse quote! É um dos melhores!

      Beijos!

      Excluir
  16. Oiee!

    Flor, eu recebi só a prova, então, cá estou eu louca para ganhar hahaha.
    Eu amei o livro, os capítulos iniciando com os quilômetros e apesar dele ser novo, aprendemos muito com ele né? O cachorro é o mais fofo de tudo! Eu não sei como termina, mas espero muito mesmo que ele consiga realizar seu sonho e sem os benditos comprimidos...

    Beijos!
    de-tudo-e-um-pouco.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Thá
      Se você gostou da prova, então provavelmente vai amar o livro!
      Os capítulos são uma fofura mesmo
      Boa sorte! beijos!

      Excluir
  17. Ah adorei a resenha!
    Sério estou curiosa para saber se ele consegue escalar a montanha e se Jessie conta que sabe para onde ele foi, quero muito ler este livro.

    Participando!
    mariiantonello@outlook.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mari!
      Ainda bem que não soltei nenhum spoiler, né?
      Boa sorte! Vai que logo você descobre as respostas? :p

      beijo!

      Excluir
  18. Olá, apesar da sua resenha ser bem resumida, deu pra entender bem direitinho do que se trata a história. E na minha opinião é sobre superação de limites, o garoto quer tentar até onde ele pode chegar sem a ajuda de ninguém, achei bem interessante, ainda mais por ser um garotinho tão pequenino. Gostaria muito de conhecer mais sobre esse livo!
    Ah e sobre o nome do cachorro, Beau, é francês e se pronuncia Bôu! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Paula
      Sim sim, é sobre superação de limites. É uma história bem bonita, na verdade. Acho que o que não me encantou muito foi a escrita, não sei.
      Obrigada por me dizer como se pronuncia e boa sorte :)

      Excluir
  19. Ah esqueci o email: aninha86@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  20. Olá, tudo bem??

    Amei o enredo da história... Gosto bastante de livro que mostram um pouco de superação e esse tipo de coisa. Menina, eu também sou assim!!!!! Tem diversos livros que eu pronuncio o nome de um personagem de um jeito, ai quando vou conversar com alguém, falam de outro... E que ótimo que a letra e o espaçamento possuem tamanhos legais, pois a pior coisa é quando é pequeno demais que parece que a leitura não rende...

    Amei a promoção, sem dúvidas que estou participando: roteirode.n@gmail.com
    XOXO
    umnovo-roteiro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Heey!
    A premissa é muito interessante, creio que vou adorar o livro!!
    Sua resenha está ótima ^^
    Já estou participando do sorteio =)
    guilhermeaparecidodias95@gmail.com
    Abraços =)
    Blog - Desbravando o Infinito

    ResponderExcluir
  22. Nunca havia lido nada sobre esse livro, nem sinopse nem resenhas. Confesso que achei bem sem noção um garoto de 12 anos com problemas de saúde fugir de casa para escalar uma montanha, mesmo que dentro da ficção, mas tudo bem... kkkkkk Lembrei-me do livro de John Green, "Cidades de papel", no qual Quentin sai de casa em busca de Margo seguindo pistas deixadas por ela e apenas com algumas barras de cereal e pouco dinheiro na mochila.
    Fiquei bastante curiosa com o final da obra, pois você disse que o final que pra muitos era óbvio, para você foi surpreendente... Gosto de finais assim e quero descobrir.
    Gostei bastante da sua forma de resenhar o livro, falando do tema abordado, da história, dos pontos marcante, dando sua opinião com criticidade, falando da estrutura do livro... Bem bacana.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  23. Eu achava algo bem diferente do livro e é bom ver uma resenha da qual não tenha sido uma ótima leitura, acaba dando uma outra perspectiva. Não sou muito fã quando o autor intercala a narração entre personagens, normalmente eu gosto mais de uma e acabo torcendo para chegar a próxima narração logo e isso me atrapalha kkk. Não são em todos que isso acontece, mas não é raro.
    :P

    ResponderExcluir
  24. Nossa você me deixou com o pé atrás em relação a esse livro, agora. O ganhei mês passado em um top e pensava ser maravilhoso. Não gosto muito de narração em terceira pessoa, então só por ai ja começou a me desanimar. E cara eu também não tenho a miníma ideia de como se pronuncia isso kkk quando isso acontece comigo em algum livro, meu Deus. É de ficar indignada. E pelo menos o final foi bom, assim não foi perda total né?!

    Inquietudes Secretas

    ResponderExcluir
  25. Este livro me chamou a atenção pela capa e título, será muito interessante ler este livro e conhecer Mark Beau e tudo mais, um livro delicioso de ler, tanto que para você as páginas tinham vida e viravam sozinha (que linda esta fala sua). E o livro não é sobre uma criança doente, mas sobre uma criança que é uma guerreira e comprometida com um sonho, com um desejo... quando temos desejos/sonhos grandes compartilhamos apenas com amigos confiáveis, no caso de Mark, o cachorro Beau, bloco de anotações e caneca, e aquela que adora registrar os mais diferentes momentos da vida, a câmera fotográfica.

    ResponderExcluir
  26. Bem interessante! Mexe com a realidade com que as pessoas que passam por algum problema de saúde sofrem ao se sentir extremamente super protegidos e também toca na questão de confiança e lealdade entre amigos. A trama me deixou interessada ao ler a resenha e infelizmente não saberei te informar a pronuncia correta de Beau, e também fico curiosa kkkk

    ResponderExcluir
  27. Os comentários que tenho visto sobre esse livro são mais ou menos nessa linha, de que a leitura não prende muito. É uma pena, a premissa desse livro é bem interessante, acho que faltou ao autor saber conduzir o livro de forma que cativasse mais o leitor. No início da leitura da resenha fiquei mais empolgada em ler o livro, depois um pouco da sua "decepção" me contagiou, mas ao final da resenha fiquei louca de curiosidade para sabe o final que te surpreendeu, talvez ele também não seja óbvio pra mim.

    ResponderExcluir
  28. Gostaria muito de te ajudar com a sua duvida, mas não posso. Acho que se fala "Biu". Sobre a resenha: adorei! Resenhas sinceras me encantam. O que adianta uma resenha um pouco "falsa"? Acho que a mais pura verdade é a melhor! Fiquei encabulada, vezes sim e vezes não, a resenha de alguém "bate" com a minha opinião. Talvez aconteça o mesmo comigo, comece a gostar e me surpreender com o final (já aconteceu varias vezes). Isso é chato? sim,é. Mas você para pra pensar e vê que recebeu muita coisa com essa leitura (ensinamentos). O que poderia ter sido "tedioso", passa a "grandioso" em vários aspectos. Amo isso! Adorei sua resenha e a verdade sobre o livro. Esse lance de alternar entre um personagem e outro (em 3a pessoa também, af) não curti muito. O tal "final" me deixou com uma super hiper mega vontade de descobrir! Obrigada, beijão.

    ResponderExcluir
  29. Esqueci o email, perdão.
    marcellavegas@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  30. Li poucas resenhas do livro, não sei bem o que eu vou achar dele!
    Não sei o certo da pronúncia do nome hehehe! Talvez falando eu saiba, mas escrever não =P!

    Embora fosse bom pelo menos por um tempo rs, não conseguimos viver sozinhos, somos sim infinitas possibilidades, mas precisamos de espelhos, alicerces e etc p/ viver!

    Miquilis
    Bruna Costenaro: bruheadbanger@hotmail.com

    ResponderExcluir
  31. Olá
    Esse foi um dos livros que eu mais esperava pra ler esse ano, e não me decepcionou.
    é m livro lindo, que fala de amizade e buscar a realização dos sonhos, de aproveitar a vida.
    Mark é personagem tão forte, pois apesar de todos os os problemas vai em busca de aventura.
    Achei linda a amizade entre eles!
    O final me emocionou muito, pois não esperava!
    Ótima resenha

    ResponderExcluir
  32. Nossa! parece msm ser mto fofo, embora eu não goste de livros que me faça chorar, fiquei interessada nesse! Estou louca para ler ainda mais pelo que vc falou que tem aquele suspense que nos faz pensar no que vai acontecer e ficar horas e horas lendo sem nem notar!

    ResponderExcluir
  33. Gostei do enredo que fala de uma história de superação. Quanto a intercalar a narrativa, não me incomoda muito, mas prefiro quando a sequencia é sempre na mesma linha. Já li resenhas positivas e outras nem tanto e isso só ma faz ficar com vontade de ler o livro. Aguardando oportunidade.

    suquinha@gmail.com

    ResponderExcluir
  34. O livro pode ser lido em um dia e vc levou quatro!! Rsrsrs. Entendo sua situação, às vezes eu faço isto também, não gosto de abandonar livro e fico meio que querendo ler outras coisas mais legais!! Bom, pelo que li o final do livro compensa o começo!! Em relação ao Mark, tenho a dizer que, realmente é complicado ajudar quem não quer ser ajudado!! Participando e torcendo!
    Marie dos Santtos
    mariedossanttos@hotmail.com

    ResponderExcluir
  35. Tem livros que realmente não nos fascinam! Pelo que li o começo e o meio não criam muita expectativa, porém lá pelo final acontece algo bom com a leitura! Mas por que será que Mark tem esta atitude de querer escalar, ele só tem doze anos, Jessie parece que sabe de tudo sobre os planos de Mark! Participando e torcendo muito!!
    Zilda Rosa dos Santos
    zildarosadossantos1@hotmail.com

    ResponderExcluir
  36. Estou com grandes expectativas com a história deste livro. Tanta gente falando que o livro é emocionante e que leva as lágrimas, que me deixaram ansiosa por ler. Vi aqui algumas coisas que me deixaram preocupada, mas nada que vá abalar minha vontade de ler. Vou tentar ler e quero conferir tudo o que dizem dele.
    Beijos.
    Elizabeth Machado de Salles
    elizabethmsalles@hotmail.com

    ResponderExcluir
  37. O livro já me ganhou pelo fato de se tratar de um personagem com câncer, calma, não pelo fato de eu achar isso legal ou lindo, é que eu me encanto muito com histórias assim, apesar de saber que vou chorar litros no final. Eu acho legal esses tipos de livros que tratam de assuntos difíceis e trágicos por uma criança/adolescente. Lendo a sua resenha, sinto que vai ser um daqueles livros que vou querer entrar no livro e consolar o personagem e dizer que tudo vai ficar bem, ou que vou querer interferir de alguma forma.
    Participando u.u
    Email: loretauana@hotmail.com

    ResponderExcluir
  38. Esse livro é lindo. Me emocionei no ônibus quando voltava pra casa no momento que envolve: uma corda, uma fenda e .... não quero dar spoiler.
    O final é maravilhoso e numa obra tão simples, vemos o quanto a amizade verdadeira é valiosa.
    Adorei sua resenha Kemmy... Parabéns!

    ResponderExcluir
  39. Sempre temos dúvida de como pronuncia haha. Essa é a primeira resenha que li e não ficou completamente apaixonada. Amo histórias com crianças e pela narrativa intercalada acredito que irei amá-lo rsrs, aliás, os quotes são divos, já estou vendo um livro todo marcado.
    tacimara_santos@hotmail.com
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  40. O livro pela sua resenha me faz pensar num filme de sessão da tarde....meio morno e sem grandes expectativas...mas mesmo assim quero participar do sorteio. Grata.
    ivanildesa@hotmail.com

    ResponderExcluir
  41. Poxa! Sério que não te prendeu tanto? :( Eu sempre achei a capa linda! Mas livros da NC me dividem. Alguns eu amo, outros eu tento me livrar assim que posso :) kkkkkkk
    Eu gostei da história, mas não sei se me sentiria convencida. Espero ter uma oportunidade de ler e tirar minhas conclusões :D Não sou de desistir de um livro antes de acabar a leitura ^^
    Tô participando, claro! ♥
    luana360@gmail.com

    ResponderExcluir
  42. Parece ser um livro facil de ser lido... e o seu comentario de ter sido surpreendida por um final teoricamente obvio atiçou minha curiosidade... so falta eu ganhar a ediçao de amostra para ficar ainda mais curioso...
    andre.elias2014@bol.com.br

    ResponderExcluir
  43. Eu quero ler esse livro a um tempo, mas li muitas resenhas que não foram muito positivas.
    Eu fiquei curiosa mas um pouco receosa também. Não queria ler e saber que o cachorro morre. Eu não gosto de ler livro em que animais morrem.
    Bom, eu falaria Beau mesmo srsrs. Mas vi que se fala 'BÔ', não sei se é certo também.
    Beijos

    ResponderExcluir
  44. Eu primeiramente não me animei muito, porque fiquei pensando: Essa criança vai morrer com esse cachorro. Então já fiquei meio triste. Odeio ler livros em que crianças e animais morrem.
    Mas como eu não vi em nenhum lugar algum spoiler que isso poderia acontecer, então vou dar uma oportunidade a esse livro.
    Gostei de sua resenha, espero ler e gostar.

    ResponderExcluir
  45. Esqueci o email: thiagorozaferreira@hotmail.com

    ResponderExcluir
  46. Eu gostei da premissa, mas me parece ser um pouco infantil. Não sei se consigo acreditar numa criança saindo assim, mas é um livro né.
    De qualquer forma esse livro esta na minha lista a um tempo. E eu pretendo ler logo.
    Eu falaria Biiu mas acho que pode ser Bô. rsrs Tenho a mesma duvida que voce.

    ResponderExcluir
  47. Meu Email: augustobarbosa.66@hotmail.com

    ResponderExcluir
  48. Deve ser um livro tão bonito. Eu comprei esse livro e estou só esperando ele chegar para ler. Eu gostei muito da premissa.
    Te confessar que eu nunca sei como falar os nomes em inglês. Eu acho que falaria Beau ou biau. kkkkkkk Os livros Deveriam vir com as formas de se falar os nomes.

    keliscristinaps74@hotmail.com

    ResponderExcluir
  49. Eu estou querendo ler esse livro a um tempo.
    A parece ser tão fofa, e eu também amo livros que tem cachorros.
    Estou bem animada para ler *.*

    Olha eu estou na mesma duvida que você, não faço a menor ideia de como falar esse nome. Acho que falaria Biu, não sei.

    thaisasilvadg@hotmail.com

    ResponderExcluir

Os comentários passam por moderação, pois são todos lidos com muito carinho.

Ultimamente não tenho conseguido responder, mas retribuo as visitas de todos que deixam os links ao final do comentário. Beijos!