date Duas Leitoras | Literatura e entretenimento: {Resenha premiada} Elevador 16 - Rodrigo de Oliveira

21/03/2016

{Resenha premiada} Elevador 16 - Rodrigo de Oliveira

21/03/2016
Estamos em 2017.
Cientistas descobrem um planeta vermelho em rota de colisão com a Terra. Depois de muito pânico nos quatro cantos do mundo, eles asseguram que passaria a uma distância segura. E todos ficam tranquilos acreditando que nada iria acontecer...
Mas não podiam estar mais enganados.
No dia em que o planeta estaria mais visível, enquanto todo mundo se preparava para observar o fenômeno a olho nu, um grupo seguia para um compromisso chato: trabalhar num sábado na empresa de processamento de dados, pois estavam com muitos projetos atrasados.
Na hora do almoço, 16 pessoas entram no elevador... mas ele para entre dois andares. As comunicações não funcionam, nem alarmes, nem celulares, ninguém aparece para ajudar. E eles não sabem que, em todo o mundo, algo muito estranho aconteceu. Em poucos segundos, 10 pessoas caem num surto coletivo, como que desmaiadas. Entre o desespero, tentativas de busca por ajuda, um deles começa a abrir os olhos, mas eram olhos vazios, olhos do mal...
Este livro conta uma história que ocorre no exato momento em que o nosso mundo se transforma. Traz personagens que vivem o intenso evento cósmico que mudaria a Terra para sempre.
Skoob|Baixe em epub|pdf

Apesar de não ser chegada em histórias de zumbi, de alguma forma esse livro conseguiu "me fisgar" por causa de sua capa e sinopse. O fato de ter uma data (próxima) bem específica deixa o livro um pouco mais assustador, confesso. Vou anotar no calendário 14 DE JULHO DE 2018 - POSSÍVEL APOCALIPSE ZUMBI. Enfim, vamos lá:

A história se passa toda em um prédio em São Paulo. Mariana é nossa protagonista, que acaba de descobrir que está grávida do seu (ex)-namorado. Em meio ao estresse do trabalho atrasado, as brigas e rompimentos constantes com Raul e essa nova notícia, ela e alguns colegas estão fazendo hora extra no sábado. Raul se mostra bastante contrariado e machista quando ela conta da gravidez (odiei ele) o que acaba levando a uma briga e mais um rompimento, onde fica claro que Mariana não quer mais vê-lo ou falar com ele, mas ambos acabam ficando presos no elevador com mais 14 pessoas quando tentam sair para almoçar.
Já haviam rompido e reatado diversas vezes. Na prática, o que adiava o fim era basicamente o sexo. Fora da cama eles não tinham mais nada a acrescentar um ao outro, numa total dissonância de interesses, gostos e objetivos.
Acontece que aquele não era um sábado normal. Aquele era o sábado em que o enorme planeta vermelho Absinto (ou Hercólubus) passaria próximo da Terra, e isso parece ter afetado a maioria dos seres humanos. Após alguns minutos presos no elevador, sem contato algum com o mundo exterior, 10 das 16 pessoas desmaiam simultaneamente. Os 6 restantes se perguntam o que estaria acontecendo e tentam dar um jeito de sair dali, porém a fresta é muito pequena e apenas um deles se dispõe a tentar. Quando um dos desmaiados começa a apresentar sinais de vida, eles percebem que terão que sair de um jeito ou de outro, se quiserem sobreviver.

Estavam todos perplexos diante do ocorrido; nunca tinham visto nada parecido. Não sabiam o que fazer naquelas circunstâncias e estavam tão assustados que não conseguiam nem mesmo reagir.

Conhecemos pouco dos nossos 6 sobreviventes, e em momento algum fica claro por que algumas pessoas foram afetadas e outras, não. Ao decorrer da história, algumas atitudes extremas terão de ser tomadas, o suspense é crescente, já que aparentemente não há para onde correr. Achei Joana uma chata e até tava torcendo pra que ela morresse logo porque ela não queria fazer nada pra ajudar, eu hein. Alguns trechos me lembraram o segundo Maze Runner e eu gostei disso, mas fiquei me perguntando por que o tempo de transformação dos contaminados diferiu tanto entre si. Ok, agora estou sendo chata como a Joana (não desejem minha morte).

O fato era que não havia cor nenhuma. Os olhos dele estavam brancos como algodão. Um branco espectral, fantasmagórico. Era impossível ter certeza da direção exata para a qual ele olhava; era uma visão perturbadora.

O autor escreve muito bem, as cenas são detalhadas e em muitos momentos você sente como se estivesse ali junto com os sobreviventes, você se pergunta qual será a saída, se é que haverá uma saída. O final foi justo, mas confesso que esperava outra coisa. Ainda assim, é um bom livro principalmente para quem gosta de zumbis.

Ninguém sabe ao certo como um zumbi se comporta. Às vezes, eles são repetitivos, previsíveis, como mecanismos programados para fazer sempre a mesma coisa, no mesmo horário e do mesmo jeito. Mas eles também podem surpreender com um comportamento completamente inesperado; e, quando isso acontece, o resultado costuma ser catastrófico.

A diagramação é simples, limpa e muito bonita. As folhas são amareladas e grossas o suficiente para não ficar uma marca incômoda das palavras do outro lado. Notei apenas um erro de revisão. Como se trata de um conto, o livro é relativamente curto e por isso o fato de não haver capítulos não atrapalha em nada o desenvolvimento da leitura, que é fluida e ágil.

Avaliação:

Agora que você chegou até aqui, tem a chance de participar do sorteio o/
As regras são simples: basta confirmar que leu as políticas de promoções (dúvidas? Envie uma mensagem), seguir o blog via GFC e deixar um comentário PERTINENTE aqui na resenha. Pronto, já está participando!
Se você quer chances extra, tem diversas.
Você pode tweetar uma frase, compartilhar a foto, marcar 3 amigos e comentar em outra postagem 1x ao dia. As outras opções só são válidas uma vez.

O sorteio será realizado no dia 30 de abril de 2016, o vencedor receberá um e-mail e terá até 72 horas para responder, ou o sorteio será refeito.

SORTEIO:

Boa sorte!

52 comentários:

  1. Oi, Kemmy!
    Ai, não, 2018 em julho está muito próximo. Não estou pronta para o apocalipse zumbi ainda, gente! Hahahaha.
    Já ouvi falar muito bem desse livro mesmo.
    Eu também não sou lá muito fã de zumbis, mas já que todo mundo elogia, porque não dar uma chance, né?
    :D

    Seguindo o blog.
    <3

    Beijoooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, teca kkk eu ainda nem mandei construir um abrigo subterrâneo :p
      A escrita do Rodrigo é ótima!
      Fico feliz por ter gostado do blog :) também adoro o seu!
      Beijos

      Excluir
  2. Oi, tudo bem? Adorei a resenha, este livro parece ser muito bom, fiquei com muita vontade de lê-lo... Gostei também das citações retiradas do livro.

    Estou seguindo seu blog, caso goste do meu, poderia retribuir?

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Larissa!
      O livro é realmente muito bom, apesar de não ser meu tipo favorito.
      Adoro o seu blog! Ainda não sigo? haha vou remediar esse erro
      bjs

      Excluir
  3. Kemmy!
    Rudynalva Correia Soares
    rudynalva@yahoo.com.br
    Participo e mais tarde sairá divulgação no blog.
    “Só sei que nada sei, e o fato de saber isso, me coloca em vantagem sobre aqueles que acham que sabem alguma coisa.” (Sócrates)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de março com 4 livros 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rudy! Obrigada pela divulgação :)
      Grande beijo

      Excluir
  4. á ouvi falar muito bem desse livro mesmo.
    Eu também não sou lá muito fã de zumbis não.

    Bjoo te seguindo aqui obrigada pela visita adorei
    http://blogdaadilene.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Adilene
      Realmente é super bem construído e escrito, vale a leitura mesmo para quem não gosta de zumbis :)

      Bjs, volte sempre

      Excluir
  5. Oi Kemmy,
    Faz tempo que li esse conto e gostei muito dele, porque meu tema preferido são zumbis e apocalipse. Então acabei comprando os dois primeiros volumes da série, li o primeiro que no princípio me deixou com o pé atrás, afinal quem gosta de zumbis tem certos pontos que acha importante seguir. Mas persisti e cheguei a uma parte do livro que el engrenou bem como eu gosto....por isso pretendo ler o outro volume em breve.

    Beijos
    Boa Leitura
    http://amagiareal.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Elis!
      Ah eu não sei se persistiria, viu? kkk eu já vou logo abandonando os livros que não me agradam até mais ou menos a metade. Mas que bom que você teve uma boa surpresa ao continuar :)

      Bjs

      Excluir
  6. Oi Kemmy, tudo bem?
    Como você resenha bem ♥
    Eu adoro livros/séries/filmes de zumbis, e já faz algum tempo que quero ler esse. Mas ainda não tinha lido resenha nenhuma, e agora lendo a sua quero ler mais ainda kkkk
    Que loucura, fiquei pensando em como eles vão sair do elevador, e como vai ser o decorrer da história.
    Beijos
    Lost Words

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      O problema não é nem sair do elevador, é não ter pra onde correr, mesmo hahaha dá uma agonia junto com os personagens!

      Bjs

      Excluir
  7. Ui, morro de medo de ficar presa em elevador, fiquei com medo só de ler essa sinopse hahahha :(
    Ah, sim todo mundo me fala que sou parecida com a Jennifer Garner, eu gosto dessa comparação hehe :)

    http://heyimwiththeband.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tb detesto elevadores :x
      deve ser beem legal ser comparada a ela :)
      bjs

      Excluir
  8. Olá, Kemmy.
    Eu adoro essa série do Rodrigo. Já estou com A ilha dos mortos aqui e acho que leio esse mês ainda. O autor é sensacional e nesse conto dá para ver bem o quanto ele é bom. Em poucas páginas ele consegue conquistar os leitores.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Conquista mesmo, é tudo bem construído e escrito :)
      bjs

      Excluir
  9. Adorei a resenha do livro!
    Eu não sou fanática com histórias que tenham zumbis sabe? Mas me amarro em histórias um pouco dramáticas de sobrevivência, aventura e tensão ao mesmo tempo.
    E só de ler a sua opinião e ler as citações eu fiquei naquela vontade de tirar um dia e ler ele em PDF.
    Vou ver se faço isso depois das minhas provas.
    E irei participar do sorteio com certeza, pois amo livros. <3
    Beijos. ♥

    Diário da Lady

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lady!
      Também gosto disso de sobrevivência, aventura e tal. Dá uma lidinha no pdf sim!
      Boa sorte ♥

      Excluir
  10. Oi, Kemmy. Muitas pessoas são mega fãs desse autor e seus livros. Infelizmente eu nunca tive a oportunidade de ler mas quero muito começar. Beijos
    Sil - Estilhaçando Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sil!
      Vou te contar que nunca vi resenha negativa dos livros dele! De fato ele escreve muito bem
      Bjs

      Excluir
  11. Olha, eu já tinha lido resenhas desse livro, mas essa eu amei heim :)

    Não é um gênero literário que me atraia muito mas, quem sabe se tiver a oportunidade de ler eu mude de ideia né ? ;)

    Beijooo !

    | O Blog Que Não é Blog |

    | Instagram: @aquelenaoblog |

    | Canal no Youtube |

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Anna!
      Pois é, saí totalmente da minha zona de conforto e acabei gostando. Espero que tenha a oportunidade!

      Bjs

      Excluir
  12. Oi, Kemmy! Eu também não sou fã de livros sobre zumbis, mas acredito que tudo depende da qualidade da escrita e de como o autor desenvolve o tema, né?! Pela sua resenha, parece que o Rodrigo fez isso muito bem.

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carla!
      Ele escreve e desenvolve muito bem. Até me deu curiosidade de ler os livros da série!

      Bjs

      Excluir
  13. Oii! Adorei a resenha e já quero o livro. Adoro filmes, séries e livros sobre zumbis e com certeza vou colocar ele na minha listinha!
    Beijinhos
    http://umapessoatagarela.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carol!
      Pra quem gosta, é um prato cheio.

      Bjs

      Excluir
  14. Que história interessante. Como você, também não curto TANTO assim histórias de zumbis, mas achei no mínimo curioso. Ainda mais com essa data aí, né?
    Fiquei pensando em como o ex-namorado da moça conseguiu ser machista sobre a gravidez, mas já não gostei dele de qualquer forma, então nem importa.

    Beijos,
    Bi.

    - www.naogostodeunicornios.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bi!
      Senti muita raiva ao ler o diálogo deles, principalmente por saber que na vida real isso acontece e MUITO :@
      Tô com medo dessa data haha

      Bjs

      Excluir
  15. Adorei a resenha! Não sou super fã de história de zumbis, mas como estou procurando livros de autores nacionais, me interessei bastante por esta história.
    Mon Ami Poirot

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lisandra!
      Realmente temos ótimos autores nacionais, e o Rodrigo é um deles. Vale a pena dar uma chance.
      Bjs

      Excluir
  16. Sou super fã zumbis,e gostei muito da estória nunca tinha lido nada parecido.Mas confesso que por se passar no Brasil e em uma data tão próxima fiquei com medinho kkk.Fiquei super curiosa para ler!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, eu também estou um pouco aflita com isso, sabe? É tanta coisa que acontece nesse mundão de deus, vai saber kkk

      Excluir
  17. Vuxi, ta bem perto
    E agora ? Vou ficar atenta kkkkkkkk
    Eu gostei bastante da sinopse, é um livro que me chamou a atenção. Gosto de series de zumbi, entao acho que vou adorar o livro .. Vou participar sim :)
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, a data tá bem próxima haha

      Boa sorte, Bruna :)
      bjs

      Excluir
  18. Assim como você, eu não tenho um grande currículo em relação a leituras que envolvam zumbis. O que é curioso se pensar que eu usualmente costumo gostar dessas histórias no cinema. O enredo me pareceu muito envolvente e só o fator de se ficar preso no elevador já é bem desconfortável, ainda mais se levar em conta os zumbis em potencial haha.

    Também sou desses leitores que acaba sempre questionando a ausência de algumas explicações mais específicas do enredo, embora isso normalmente não me faça perder o interesse pela trama em si. Ah, também gostei do fato de se passar no Brasil, sem dúvidas um ponto em especial.

    juliocesar_2103@hotmail.com
    Julio Cesar Vieira
    @HPJulioCesar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sim, Julio. Geralmente mesmo os autores nacionais criam tramas em outros países, né?
      Detesto elevadores, depois desse livro ainda mais :p
      Boa sorte!

      Excluir
  19. De tanto ver à séries de zumbis na tv, descobri que me amarro nisso. E sempre que posso tento ler também sobre o tema. Este tem cara de ser muito bom. Já fiquei curiosa e vou tentar ler também.
    Beijos.
    Elizabeth Machado de Salles

    ResponderExcluir
  20. Ja ouvi falar super bem do livro. Lendo a resenha agora fiquei com mais vontade de ler ainda!! A história parece ser viciante
    Super participando do sorteio

    Thamires Lima
    thamireshlima@hotmail.com

    ResponderExcluir
  21. Olá. Adorei o blog! Gostei muito da resenha e esse livro já está na minha lista de leitura. Adoro esse estilo, fiquei super animada! Muito obrigada. E participando da promoção, claro! Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, Márcia. Fico feliz que tenha gostado :)

      Excluir
  22. Ainda não li nenhum livro parecido, mas recentemente li um livro sobre apocalipse e gostei bastante, e pensei porque não da uma chance pros livros que tem zumbi, e como esse e um livro curto, um conto, e uma boa maneira de começar por ele, além achar que a estória me pareceu imprevisível, vou ler com certeza, espero gostar bastante.
    Participando.
    lannawesley@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Lana, ele é bem curtinho mesmo :) gosto bastante dessas coisas de apocalipse
      Boa sorte!

      Excluir
  23. Acho importante um livro com uma diagramação boa, além de ser mais confortavel a leitura flui melhor. Eu achei de cara a capa bem chamativa e a história parece ser bem interessante também, pra mim da um pouco de medo, fico pensando que é comigo hahaha Mas eu leria com certeza!
    Participando.
    analelis19@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Ana Paula!
      Livros com diagramação ruim dão um desânimo hehe
      a capa é meio assustadora né :p
      Boa sorte!

      Excluir
  24. Adorei a resenha!! Me deu muuuuita vontade de ler, parece um excelente livro!

    ResponderExcluir
  25. Adorei a resenha intercalada com trechos do livro, além de estar super bem escrita. Adoro tudo que remete ao terror, sou uma fanzona de Stephen King e Anne Rice. Fiquei muito curiosa por ser um autor brasileiro, confesso que nunca li um livro de terror de um autor daqui. Imagino o quanto claustrofóbica deve ser essa leitura e o caos que deve ter reinado dentro desse elevador. Também já me imagino odiando a Joana assim como odeiei a Barbara (A Noite dos Mortos-Vivos) quem em meio à toda confusão e ataque zumbi só deu piti e não fez nada a não ser dar trabalho. Estou cruzando os dedos pra ser a sorteada *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHAH verdade! Bem assim que me senti em relação à Joana: só pra dar trabalho.
      Boa sorte :)

      Excluir

Os comentários passam por moderação, pois são todos lidos com muito carinho.

Ultimamente não tenho conseguido responder, mas retribuo as visitas de todos que deixam os links ao final do comentário. Beijos!