date Duas Leitoras | Literatura e entretenimento: 5 motivos para ler Como eu era antes de você (e uma crítica)

11/04/2016

5 motivos para ler Como eu era antes de você (e uma crítica)

11/04/2016
Que Como Eu era Antes de Você é um dos queridinhos dos últimos tempos, você com certeza já sabe. O livro ganhou adaptação cinematográfica que logo, logo estará aqui no Brasil (se não adiarem novamente...), portanto muitas pessoas - inclusive essa que vos fala - resolveu ceder e ler o tão aclamado livro antes de assistir ao filme.

O evitei bastante justamente por todo o bafafá que ele causou e está causando. Evitei ler resenhas e até hoje não assisti o trailer do filme, porém tenho que dizer uma coisa:

Como eu era antes de você merece toda a atenção que está recebendo!!!


Ficou um mega texto, mas não desiste de mim e lê ♥:

O livro é dividido em capítulos, sendo a maioria narrado em primeira pessoa por Lou Clark. Sim, a maioria. Logo de cara temos o prólogo em terceira pessoa contando do acidente de Will Traynor, em 2007. Assim que o livro começa "de fato", temos o ano de 2009, Louisa contando sua história. 

Ao decorrer da trama nos deparamos com capítulos narrados pelos Traynor, pelo enfermeiro Nathan e pela irmã de Lou, Katrina, o que faz com que a estória seja complementada, enriquecida e torne-se menos maçante. O capítulo com o ponto de vista de Camilla Traynor foi o que mais me emocionou (além do fim), pois ela fala sobre a maternidade, sobre como foi e é sua vida com Will e o que tem que fazer para desviar o foco de toda a sua dor e sentimento de impotência. É um capítulo curto, mas forte.


Além disso, a todo momento estamos sendo bombardeados por novas informações que nos fazem não querer largar o livro até terminar mais um capítulo, pelo menos. Ah, e tudo o que é escrito é de suma importância para entendimento da obra, diferente de alguns livros que tem mais páginas por pura "encheção de linguiça". Como eu era antes de você tem o tamanho exato e termina sem pontas soltas.

Diferente de alguns livros em que não me senti conectada com os personagens, esse me fez imaginá-los tão perfeitamente que até rendeu um post por aqui falando do elenco da adaptação (quem viu?)
Cada personagem tem uma personalidade bem definida e, mesmo que não gostemos de suas atitudes, ainda assim conseguimos ao menos ter certa empatia.

Lou Clark é irreverente, vê o lado bom de (quase) todas as coisas e é uma moça simples, humilde e que gosta de usar roupas extravagantes feitas por ela mesma. É completamente impossível não torcer para que ela atinja seus objetivos. Já Will Traynor nos mostra que pode ter várias faces, sendo que na maioria delas sua amargura é palpável - o que se deve, claro, à sua condição física. Ele pode ser uma pessoa insuportável e, no momento seguinte, a mais agradável e brincalhona da Terra.

Da personalidade dos pais de Lou não conseguimos vislumbrar muito, porém Bernard me parece bastante sincero, engraçado e um pouco arrogante. Josie é a típica mãezona que faz tudo, tanto em relação ao lar quanto à família. Do outro lado, os pais de Will se apresentam como pessoas distantes, frias, mas que amam o filho acima de tudo. Steven ainda é um pouco menos antipático e fechado, mas Camilla chega a dar um pouco de raiva. Não entendi nem concordei com diversas atitudes de ambos.


Apesar de terem participações ínfimas, Patrick é um viciado em esportes e cultua seu corpo como ninguém jamais viu. Conta calorias, se propõe metas absurdas, corre 50 quilômetros e não se importa muito com o frio. Vejo ele como um namorado bastante indiferente, imaturo e egoísta; Georgina, a irmã de Will, me parece mesquinha e sente como se Will ofuscasse sua existência, mas o sentimento pelo irmão é perceptível.

Nathan, o enfermeiro de Will, é extremamente profissional e, ao mesmo tempo, amigo. Claro que o tempo de convivência dos dois proporcionou isso, mas ainda assim lia as passagens em que ele aparecia com bastante simpatia, até mesmo uma admiração por ele. Por último, mas não menos importante, temos Treena (irmã de Lou) que é inteligente, muito elogiada por todos e até vista com certa inveja por Lou. Está sempre tentando fazer o melhor para si e para seu filho, Thomas, e como a maioria dos irmãos, elas vivem uma relação entre tapas e beijos.

Tem mocinha e mocinho que não se gostam logo de cara? Tem. Tem mocinho que se nega a entregar-se ao sentimento que vai aflorando entre os dois? Tem também. Mas Jojo soube conduzir tudo de uma forma tão magistral que a todo momento eu ficava me perguntando "será que é isso mesmo?", "o que vai acontecer agora?" e fez com que eu me surpreendesse em diversas passagens. Não vou dizer que não adivinhei o fim, mas elaborei diversas teorias antes disso e, pra mim, isso é essencial: não ter tudo respondido logo de cara.


Tem também algumas dicas de obras literárias famosas, apesar de eu ter odiado o mega spoiler que deram sobre uma delas.

Não lembro de ter lido algum livro com um cadeirante em suas páginas. Ao decorrer da leitura, vamos adentrando na vida de Will e somos quase capazes de sentir o que ele sente estando em sua condição atual. Lou também nos ajuda a lembrar das dificuldades pelas quais ele passa: motoristas que estacionam em frente à rampas, estacionamentos irregulares, locais de lazer sem acesso... me fez pensar se realmente a tal inclusão existe em nosso mundo, me fez pensar no quanto somos alheios a isso tudo no dia-a-dia. Uma calçada esburacada pode ser incômoda para nós, mas chega a impedir a passagem de cadeirantes, pessoas com carrinhos de bebê, idosos, deficientes físicos etc.


Outra reflexão bem interessante é: o que estamos fazendo de nossas vidas? Será que realmente estamos vivendo como realmente queremos ou estamos estagnados em nossos medos e ao nosso comodismo? Fica a dúvida no ar.


Mas o que prova uma foto? Eu tinha uma num porta-retratos em casa, na qual eu estava sorrindo para Patrick de maneira radiante, como se ele tivesse acabado de me salvar de um prédio em chamas, quando na verdade eu tinha acabado de dizer que ele era um "completo idiota" e ele tinha reagido com um enérgico "ah, não enche!" p. 54

Às vezes, eu me perguntava se aquilo não era um mecanismo de defesa de Will, já que a única maneira que encontrou de lidar com sua vida foi fingir que não era com ele que aquelas coisas estavam acontecendo. p. 45
- Sabe, você só pode ajudar alguém que aceita ajuda. p. 50
É um pouco difícil se manter calma e compreensiva vendo os mesmos rostos e os mesmos erros se repetirem. Às vezes, eu podia escutar a impaciência em meu tom de voz. Podia ser estranhamente desanimadora a completa recusa do ser humano em ao menos tentar agir de maneira responsável. p. 97
Alguns erros... apenas têm consequências maiores que outros. Mas você não precisa deixar que aquela noite seja aquilo que define quem você é. p. 221
Não sei o que falar. Só sentir.
A Intrínseca é uma das minhas editoras favoritas, se não A favorita. Mas deixou a desejar nessa revisão... meu Deus, perdi as contas de quantos erros encontrei: palavras faltando, palavras sobrando, palavras repetidas, erros de concordância... claro que isso não tira o glamour da obra de Jojo, mas foi bastante incômodo para mim. Não sou nenhuma Professora de Português e com certeza cometo muitos erros, mas foram erros bobinhos demais, falta de atenção, mesmo. De qualquer forma, ainda te amo Intrínseca ♥


ALERTA: o trecho abaixo pode conter spoilers. Selecione o texto para ler.

1. Achei que faltou um capítulo narrado pelo Will. Acredito que deixaria ainda mais rica a obra. #JojoLançaLivroSobPerspectivaDoWill;

2. No tal chat em que a Louisa conversava com os tetra, eu poderia jurar que um deles acabaria sendo o Will;

3. Por algum motivo que desconheço, tinha certeza de que o Patrick estava traindo a Lou;

4.  Não sei o que pensar da decisão de Will. Não estou sabendo lidar com a decisão dele se matar mesmo com toda a insistência da Louisa. Por outro lado, viver preso a uma cadeira de rodas sem poder fazer tudo o que queria deve ser uma das piores coisas da vida;

5. Só eu que senti certo alívio da parte de Steven pela morte de Will? É como se ele estivesse desejando que ele morresse logo para que ele pudesse ficar com a tal amante. Não sei se foi egoísmo ou o maior ato de altruísmo dele.

Quem leu, comenta aqui embaixo só com os números dos spoilers pra gente debater (não estraguem a leitura dos amiguinhos :p)



Avaliação:

 Clique para saber como participar!

46 comentários:

  1. Eu li esse livro já tem um tempinho, antes dessa farra toda em volta dele. Eu adorei e sempre estou indicando para amigos. Nem imaginava que teria uma continuação, que nem li ainda, vi mais criticas negativas que positivas.
    Quanto à história eu adorei, não achei nada clichê, não esperava aquele final. Enfim, gostei bastante.
    Beijinhos :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E eu que nem sabia que tinha sido lançado há tempos? :O também ouvi comentários negativos da continuação, por isso não tenho pressa de lê-lo
      Beijos!

      Excluir
  2. Oi
    já faz um bom tempo que estou curiosa para ler esse livro, espero conseguir comprar e ler ele ainda esse ano, pois a história parece ser bonita e uma leitura envolvente.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Achei a mesma coisa, um livro inspirador, de leitura aconchegante, que nos traz emoção, nos faz torcer pelos personagens, nos faz chorar (e muuito) e principalmente nos faz dar valor a tudo em nossa volta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não sou de chorar com livros, mas realmente é emocionante :*

      Excluir
  4. To doida pra ler!
    Agora fiquei com mais vontade ainda! Quero ler antes de ver o filme, sempre né rs

    Bjs
    Taty
    http://ansiosapracasar.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só pra poder dizer "o livro é muito melhor!" haha bjs

      Excluir
  5. Kemmy menina, tu tirou as palavras da minha boca! Esse foi o primeiro texto que realmente transmitiu quase tudo que senti após ler o livro! Eu me rendi após o trailer, vi e fiquei muito emocionada. Ao ler o livro e rever o trailer fiquei mais emocionada ainda. Além de emocionada, fiquei surpresa já que não é meu gênero favorito mas me pegou de um jeito que fiquei realmente viciada e destruída após o final haha'

    historiasdeumamenteinquieta.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aii eu ainda não vi o trailer, acredita? kkk e também não é um dos meus gêneros favoritos, mas tô ansiosa!

      Excluir
  6. Fiquei om medo desse livro ser ruim pq normalmente quando esses livros ficam muito famosos eu já penso que deve ser muito clichê mas adorei a leitura. É meio clichê mas mesmo assim tem um toque especial.

    Adorei o negocio pra ver o spoiler! 3. EU TAMBEM PENSEI ISSO! 4. Eu não apoiava, e acredito que teria dado certo a vida com ela, mas acho q nesse caso só a pessoa sabe oq suporta ou não.

    Abraços.
    aressacaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Vic! Eu também sempre vou meio com medo, principalmente depois que me ~decepcionei~ com ACEDE.
      Legal, né? Assim não tem risco de quem não leu, ver os spoilers :)
      Abç

      Excluir
  7. Oi oi,

    bem criativo o post! O livro até parece legal, mas como uma amiga minha já me contou o final, perdi completamente a vontade de ler kkk

    Beijos!
    Visite o Mademoiselle Loves Books
    http://www.mademoisellelovesbooks.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai que ódio quando me dão spoilers assim :@ haha
      Mas sabe que mesmo sabendo o final, o trajeto vale a pena!?

      Beijos

      Excluir
  8. 2 e 3 muito eu. hahaha
    Também não achei nada clichê e pensei vários finais diferentes,rs. Adoro isso!
    E quanto aos erros da Intrínseca, não tem erros como esses no meu. rs
    Amo esse livro e é sem dúvida um dos meus favoritos.
    Beijos!

    Blog Pam Lepletier / Shampoo bomba de café

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Pâm! Pelo jeito eu peguei uma edição bichada kkkk um lote, sei lá como funciona isso :P
      O livro é realmente incrível ♥

      Beijos

      Excluir
  9. Olá!
    Antes de começar meu comentário, devo dizer que ele conterá SPOILERS, então, por favor, fiquem avisados.
    Gostei muito dos motivos que você levantou para convencer as pessoas de fazer a leitura e acho que fez isso divinamente bem.
    Sim, o Steven sentiu alivio com a morte do Will, pois se sentia preso a casa e não podia viver com sua amante. Também acho que o Patrick traia a Lou e que o Will era um dos homens com quem ela conversava. E queria muito um capítulo o Will.
    Apesar de o Will ter morrido, acho que era o melhor final que o livro teve.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, Bruna. Se ele tivesse escolhido viver por causa do amor e tals seria bemmmm clichê. Foi um fim triste, mas digno!

      Beijos

      Excluir
  10. Já vi tanta gente falando bem que estou pensando em começar a ler!
    Beijo
    ;)
    http://www.umalindapromessa.com/

    ResponderExcluir
  11. Oi, Kemmy!
    Eu estou muito ansiosa pra ler o livro e ver o filme também - vi o trailer e achei lindo!
    Eu li um livro da Jojo até hoje e me apaixonei pela história. Ela é incrível!

    E adorei os pontos que tu levantou sobre a obra!
    Beijos.

    BLOG COISA E TAL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amei a escrita dela e totalmente quero ler outros livros dessa linda ♥

      Beijos

      Excluir
  12. só fui conhecer esse livro quando liberaram o trailer.. de cara achei a história bem prevível, uma mistura de 'os intocáveis' com romance. mas depois de ver tanta gente falando bem do livro, to doida pra ler haha beeijos, Ja fomos legais

    ResponderExcluir
  13. Olá! Apesar de todos esses motivos eu não consigo ter vontade de ler essa série :S
    Na verdade eu não leio muitos romances, apesar de parecer que a história envolve mais que um simples romance, meu gênero é outro, mas já ouvi falar muito bem desse livro, todos que leem amam, quem sabe um dia não dou uma chance à ele só para variar um pouco!
    Beijo!
    http://booksmanybooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Patricia!
      Também não gosto muito de romance, mas vejo esse livro mais como drama :)

      Beijo!

      Excluir
  14. Eu gostei muito desse livro! Não sei se li a mesma edição que a sua, mas não me lembro de ter encontrado erros. Eu sou formada em Letras então toda vez que encontro erros nos livros, fico muito revoltada, acho uma falta de respeito com o leitor. E sobre a parte dos spoilers, eu concordo totalmente com você em todos os itens.
    Beijos
    Bluebell Bee

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Bianca! Pois é, acredito que sejam edições diferentes então, porque no meu NOSSA mil erros bobos.

      Beijos

      Excluir
  15. Olá!
    Eu tenho muita vontade de ler "Como eu era antes de você" e seus motivos só me deixaram mais curioso para conhecer a estória.
    Acho a capa linda, e de "Depois de você" também.

    Abraço!
    http://tudoonlinevirtual.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, Sávio! Espero que você aprecie a leitura

      Abç

      Excluir
  16. Muito obrigado minha querida. Fico de coração cheio só de saber isso :D

    Bem, então este livro É MESMO dedicado a mim. Adoro este género de leitura bem fluída :D será que encontro para leitura online?

    NEW REVIEW POST | Cien SOS Hand Cream.
    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderExcluir
  17. Eu engoli o livro em dois dias. DOIS DIAS. E não chorei. o enredo pra mim foi mais uma forma de reaver meu ser.
    | Sorteio Saia Revolution Clothing|
    | Por que meu blog não cresce?|
    | FB Page A Bela, não a Fera|

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, ele nos traz reflexões bem legais. Eu demorei pra ler porque andava muuuito cansada, mas em outras épocas provavelmente leria em um ou dois dias porque é muito fluido e envolvente.

      Excluir
  18. Kemmy, que resenha goxtosa ♥

    Eu também amo a Intrínseca, apesar de também encontrar alguns erros bem bobos durante a leitura de algumas obras. Estou querendo lê-lo antes do filme sair... Já não é a primeira vez em que vejo alguém comentando positivamente sobre a fluidez dele.

    Nós do estacaonoventae7.blogspot.com indicamos o Duas Leitoras para receber um prêmio. Parabéns pelo blog!! Grande abraço :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que legal Bruna. Vou lá dar uma olhada! Muito obrigada ♥
      E sim, o livro é super leve e fluido. Quero o filme já!

      Bjs

      Excluir
  19. Amei seu post e todos seus 5 motivos, e AMEEEEEEEI SUA ESTANTE HAHAHAHA
    Eu tenho uma relação de amor e ódio com a Jojo Moyes, mas sempre cedo aos livros dela porque ela é excelente escritora. Quando terminei Como Eu Era Antes de Você quis matar ela, mas depois fui refletindo tanto e hoje posso dizer que a mo a história. To aguardando ANSIOSAMENTE o filme e espero não me decepcionar.

    www.vodkaescarpin.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu aceitei o fim sem reclamar hehe acho que foi o mais digno. Também não vou nem criar muitas expectativas pro filme :S

      Excluir
  20. Gostei muito do post, super completo. Eu estou com vontade de ler esse livro desde 2013 se não me engano. Desse ano não passa! Já li outros livros mais antigos da autora e sei que ela tem uma escrita muito gostosa. Também não me lembro de nenhum livro com cadeirante. E sempre que tem um personagem que é enfermeiro, eu gosto de ler!
    Beijos!
    asassecretas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey!
      Eu só descobri o livro esse ano e só muito recentemente descobri que ele já é antiguinho. Adorei a escrita da Jojo e estou desejando os outros livros dela :)

      Beijos!

      Excluir
  21. Ooi, Kemmy! Vou ser sincera: mesmo com todos seus argumentos, eu continuo a não gostar da ideia do livro :c Assim, não duvido nada que a escrita seja maravilhosa e fluída, mas o enredo em si não me chama, não chamou e não chamará a atenção. Não sei se pensarei assim amanhã, mas por enquanto eu não tenho a mínima vontade de dar alguma chance para a história.
    E ah, eu li o spoiler :P Amo spoilers hahahaha
    Beeijos, linda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah Ruhh, normal... não tem como agradar a todos. Mas se acabar lendo um dia, vem contar o que achou :)
      E meu deus, eu detesto spoilers kkkk doida
      Bjs

      Excluir
  22. Olá, tudo bem?
    Como eu era antes de você realmente merece todo o reconhecimento que está tendo, é uma obra sensacional. O que mais gostei foi a autora relatar tão bem a deficiência física do Will, parece que eu estava sentindo tudo o que ele sentia. Estou com medo de me decepcionar com a continuação!

    Amei o blog, seguindo flor!
    Beijos,
    http://queremosmaislivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Débora. É muito bem descrito todas as sensações dele, é agoniante.
      Li tanta crítica negativa de Depois de você que estou quase desistindo de ler
      Fico feliz que tenha gostado. Volte sempre :)

      Beijos!

      Excluir
  23. Oii, eu estou com muuuita vontade de ler esse livro, está repercutindo bastante, espero consegui-lo logo. Muito legais os motivos, me interessei bastante.
    Beijos e adorei o blog, seguindo! < 3
    http://sonaorepareabagunca.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, fico feliz que tenha gostado :D
      O livro é incrível!

      Excluir

Os comentários passam por moderação, pois são todos lidos com muito carinho.

Ultimamente não tenho conseguido responder, mas retribuo as visitas de todos que deixam os links ao final do comentário. Beijos!