date Duas Leitoras | Literatura e entretenimento: {Resenha} Se eu fosse a Cinderela - Gislaine Oliveira

14/05/2016

{Resenha} Se eu fosse a Cinderela - Gislaine Oliveira

14/05/2016
Olá, pessoas!
Na postagem sobre as parcerias firmadas em Abril, eu os apresentei algumas autoras, entre elas a Gislaine Oliveira, autora de alguns romances e outros contos. No Book Haul de abril eu mostrei que recebi o livro Se eu fosse a Cinderela para ser resenhado e muitas pessoas comentaram que ele tem uma capa muito fofa - o que é muito verdade!

Porém, a capa não é a única qualidade desse livro curtinho que li em poucas horas. Continue lendo para descobrir o quanto e por que a literatura nacional está me encantando cada vez mais:


conto-de-fada-nacional


Devo começar dizendo que esse é um livro infanto juvenil. É importante saber o gênero de um livro antes de opinar sobre ele, uma vez que um dos critérios a ser levado em conta na hora de avaliá-lo é se ele atingiu seu objetivo.
Tendo isso em mente, prossigamos.

livro-sobre-a-cinderela-nacional

Em Se eu fosse a Cinderela temos a história de Cinddy, uma menina que odeia o nome que a mãe escolheu para ela. A mãe argumenta que esse é um nome de princesa, um diminutivo de Cinderela. Acontece que Cinddy não gosta dessas histórias de princesas e não quer nem saber de príncipe nenhum, o que é veementemente reprovado não só por sua mãe como por suas amigas.

gislaine-oliveira

Então, em um dia que deveria ser como outro qualquer, Cinddy acorda em um lugar totalmente diferente do seu quarto e se nega a acreditar que aquilo realmente está acontecendo - ela está dentro da história da Cinderela! Com direito a príncipe, madrastas, irmãs, sapatinhos de cristal e tudo mais.

Porém, diferente da história a que estamos acostumados, a conduta da nossa protagonista é bem diferente e surpreende a todos, inclusive o príncipe.
"[...] acho errado enfiar na cabeça das meninas, desde que elas são tão novinhas, que precisam encontrar um príncipe encantado."

Não só o final, mas principalmente ele nos deixa uma lição bem interessante. Com certeza deveria ser lido por meninos e meninas no auge de sua pré-adolescência e por aqueles que não acreditam que precisamos de um príncipe encantado para nos salvar e fazer feliz.

Livros infanto juvenis nacionais

Assim: o livro é curto. Tem menos de 50 páginas e eu li em cerca de 1 hora e meia. A fonte é bem confortável para leitura e a diagramação está fofíssima ♥ tem poucas ilustrações, mas estão todas lindas também. Perceba o cuidado que tiveram ao colocar o número de páginas dentro de uma coroazinha e a fonte "rebuscada" no início dos capítulos.

Se eu fosse a Cinderela resenha

Uma coisa que notei logo na primeira página é que erraram o nome da Gi :/ claro que isso não interfere em nada na leitura, só quis deixar registrado porque odeio quando escrevem meu nome errado :@ (e também para os olhos mais atentos não estranharem a foto acima)

"[...]Mas isso é estranho. Quero dizer, se o príncipe se apaixona de verdade pela Cinderela, como ele não a reconhece? Precisa mesmo experimentar o sapatinho em todas as moças?"

Poderia ter mais páginas? Poderia. Poderia abordar algumas coisas de forma mais aprofundada? Poderia. Mas a questão realmente importante aqui é: deveria? Não sou o público alvo desse livro, mas acredito que infanto juvenis devem ser leves, engraçados e trazer consigo uma lição importante, e com certeza Se eu fosse a Cinderela atingiu esses objetivos (vocês têm que ler a Cinddy reclamando do nome dela ou falando do mau humor inerente de sua natureza).

Avaliação:

Top comentarista de maio/2016

36 comentários:

  1. Eu sempre fui um grande fã de contos de fadas e todas as adaptações que aparecem deles - principalmente os recontos, tipo OUAT ou Cinder - eu fico muito curioso para ler. Achei a capa muito linda e a premissa é muito interessante, com um protagonista diferente! Quero muito ler esse livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ycaro, às vezes dá a louca na Gi e ela deixa o e-book gratuito na Amazon ♥ e eu deveria ter colocado o link, mas dá pra adquirir o físico diretamente com ela por R$18 :)

      Excluir
  2. Awon , que linda sua resenha <3
    Muito obrigada pelo carinho e atenção :) Que a nossa parceria dure muito e muito tempo <3
    Ahhhh, ontem meus livros e contos estava grátis na Amazon, você viu? :3
    Bah, e nem me fale neste erro de diagramação :P Pior que eu recebi o boneco do livro, mas foi um detalhe que passou despercebido :( Acho que eu estava sem óculos hahahha. Mas tudo bem, assim que o primeiro lote esgotar, mando arrumar na gráfica :3
    Kemmy, mais uma vez meu muito obrigada <3
    Um beijão
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHA imagino a correria, Gi. É um detalhezinho de nada :p
      Eu não vi D: da próxima, me avise.
      E que a parceria dure muito e muito tempo ♥
      Beijos!

      Excluir
  3. Muito legal sua resenha Kemmy, adorei! Vc argumentou muito bem. A Gih sempre escreve coisas diferentes assim, e a lição desse livro é importante pra essa faixa etária. A diagramação está bem fofa *-*
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tá fofíssima, né? Me encantei com essa capa e a fonte e os desenhos ♥

      Excluir
  4. Ai, eu recebi o e-mail de divulgação e acabei que não dei tanto valor por ser um infanto-juvenil. Mas lendo a sua resenha ele pareceu tão legal, tão fofo (olha essa diagramação que coisa mais meiga!) que me deu muita vontade de ler!
    Beijos!
    <a href="http://virtualcheckin.blogspot.com>Check-in Virtual<\a>

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um prato cheio pra quem gosta de infanto-juvenil, mas acredito que outras pessoas também devem gostar bastante :)
      Beijos

      Excluir
  5. Own, que livro fofinho. É bem pequenininho mesmo, da pra ler super rápido. Acho que ele é aquele tipo de livro que você ler para uma criança dormir, sabe ?! Gostei da imagem que ele passa, além de ser lindinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo, Bruna! Super quero ler pro meu bebê ♥
      Lindinho mesmo

      Excluir
  6. Ooi, Kemmy! Estava louca para ler sua resenha <3 e eu estava sentindo que traria ótimos elogios. Eu amei a capa desse livro, eu amei a sinopse e após ler sua resenha já vi que vou rir muito e me identificar (espero) com a Cinddy.
    Parabéns pela resenha! ^-^
    Beeijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu me identifiquei kkkk porque também odeio meu nome e amei o ponto de vista dela em relação aos "príncipes"
      Fico feliz que tenha gostado ♥
      Beijos!

      Excluir
  7. Que livro mais fofo *--*
    Além dessa capa linda a história parece ser muito boa. Me interessei.

    Beijos!
    www.crescendoemflor.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria, é uma história inspiradora!
      Beijos

      Excluir
  8. Olá. Obrigada por sua resenha, ótima! Que livro mais fofo, essa capa está muito linda. Por se um livro infanto-juvenil tem todo um carisma especial. Gostei da sinopse, claro e sua resenha me fez querer ler. Com certeza horas de leitura, bem divertida e leve. Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo, Márcia! É um livro muito gostosinho e fofo.
      Abraços!

      Excluir
  9. Achei maravilhosa essa sua resenha. O livro então,sem comentários. Minha princesa favorita da Disney é a Merida, e justamente por esse motivo: Ela não quer um princípe. Não que se casar, não precisa de uma "salvador".
    E esse é um tema super válido para ser tratado, que as garotas/mulheres não precisam ter um cara para serem felizes.
    Com certeza quero ler esse livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo, Pamela!
      Príncipe encantando não tá com nada haha
      Adoro a Merida <3 <3

      Excluir
  10. Que livro fofinho!
    Achei bem legal a história, todos deveriam ler! Porque realmente, nem todo mundo precisa de um príncipe para ser feliz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não mesmo haha é um livro fofíssimo e realmente todos deveriam ler ♥

      Excluir
  11. Gostei muito da resenha, Kemmy! Eu amava ler infanto juvenis quando era mais novinha, e realmente esse é o objetivo deles, muito provavelmente se fosse maior e mais profundo a grande maioria do público alvo não iria nem querer pegar nele, haha. Em compensação a autora poderia fazer uma versão mais juvenil, com certeza iria fazer sucesso.
    Ah, e amo os clássicos de contos de fadas e suas adaptações <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Flávia, realmente não pegariam kkkk tem gente que tem pavor de livro grande até a idade adulta haha
      Seria bem legal uma versão um pouco mais incrementada, né? Vou sugerir :p
      Adaptações são muito amor ♥♥♥

      Excluir
  12. Oi Kemmy.
    Infelizmente não curto livros infanto juvenil, já tentei ler alguns livros do gênero, mas infelizmente para mim não funcionou o que é uma pena por que amei a premissa desse livro, me parece ser muito bom, a capa é muito fofa e já tenho a pessoa certa a quem presentear com ele eu é lógico kkkk.
    Brincadeira meus irmãos com certeza vão amar.
    Bom Dia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, Marlene!
      É uma pena que não tenha funcionado :( ele é muito bacana e com certeza seus irmãos vão amar! Quem sabe eles gostem tanto que te convençam a ler também?

      Excluir
  13. Não conhecia esta autoria, mas já inicialmente achei esse livro super fofo, e sim, eu leria, apesar de como você eu não ser o público alvo, é sempre bom ler livros de estilos diferentes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Mariele! Sair da nossa zona de conforto pode render ótimos frutos :)

      Excluir
  14. Adorei a proposta do livro, adoro o gênero infanto-juvenil porque grande parte da minha adolescência eu lia livros do gênero!

    Blog aboutbooksandmore.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Adorei a resenha e como ela é bem motivadora no gênero especifico infanto - juvenil, adorei conhecer um pouco da historia do livro e me agradou bastante.

    ResponderExcluir
  16. Kemmy!
    Ganhei esse livro em um sorteio e aguardo ansiosa a chegada porque gosto muito de livros infantos juvenis e ainda mais que parece tipo ma releitura do conto da Cinderela, porém bem mais moderno e adaptado a nossa realidade atual, sem contar que amo a Gi!
    Desejo uma ótima semana!
    “Na juventude deve-se acumular o saber. Na velhice fazer uso dele.” (Jean-Jacques Rousseau)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Meu conto de fadas preferido sempre foi Cinderela, mas sou com a Cinddy, não acho que precisamos de um príncipe encantado, então é claro que fiquei curiosa para saber quais serão as decisões de Cinddy dentro da história da Cinderela. Mesmo eu não sendo o público alvo é uma história que quero muito conferir. Ótima resenha.
    Abraço!
    A Arte de Escrever

    ResponderExcluir
  18. O que posso dizer sobre a resenha? Parece ser de leitura fácil, uma escrita lindinha e fofa. Ciddy é garota realista quando o assunto é príncipe encantado, me encontrei nela sem sombras de duvidas. Acho que publica alvo vai gostar bastante, pois é fácil entendimento da historia

    ResponderExcluir
  19. Ahhhh amei a resenha, que capa mais fofa gente, achei bacana essa coisa dela não gostar de contos de fadas, pois nem todos são apaixonados e esperam um príncipe, eu já encontrei o meu hahaha irie colocar o livro na minha lista de desejos.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  20. Achei esse livro muito fofo!! Sempre gostei de livros de contos de fadas!! E esse parece ser bem diferente dos que já li!! Amei o marcador!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  21. Oi Kemmy!!!

    Primeiro, que livro fofo!! Sobre o livro ser curto concordo com vc, o público alvo são crianças, pré-adolescentes, que são acostumados a ler algo curtinho e leve! Mas o livro parece ser super bonitinho e agradável de ler!

    BJS

    ResponderExcluir
  22. Oi Kemmy.
    Eu não gosto de livros infanto juvenil, mas tenho que concordar com você antes julgar o livro tenho que conhecer qual é o seu publico alvo, me identifiquei com a personagem por que odeio meu nome também, fiquei curiosa para conferir apesar de não fazer meu tipo de leitura.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  23. Achei mega interessante a temática do livro. Estamos tão acostumados a ver as meninas pré adolescentes ainda sonharem com castelos e príncipes que eu acho muito bacana quando um livro traz de forma simples a ideia contrária a isso tudo. Realmente, a capa é linda e pela sua resenha percebo que o livro foi o suficiente, já que o público dele é infanto juvenil. Amei o fato de você trazer uma resenha de autor nacional.
    Beijo, www.apenasleiteepimenta.com.br ~Neste mês tem post todo dia no Blog~
    Participe do Concurso e Concorra a um Mídia Kit

    ResponderExcluir

Os comentários passam por moderação, pois são todos lidos com muito carinho.

Ultimamente não tenho conseguido responder, mas retribuo as visitas de todos que deixam os links ao final do comentário. Beijos!