date Duas Leitoras | Literatura e entretenimento: Abril 2018

03/04/2018

Te digo Obrigado!

03/04/2018
“O que você diria para a última pessoa que machucou o seu coração?”

Confesso que refleti um bom tempo sobre essa questão e muitas foram as frases de ódio, rancor e ranço que vieram a mente em um primeiro momento. Dissipar o mal é sempre muito mais fácil do que disseminar amor e energias positivas.
Também me questionei muito sobre o fato desses machucados terem sido reflexo das expectativas que eu mesmo depositei em pessoas que não tinham nenhuma, repito, NENHUMA, obrigação de correspondê-las.
A facilidade de culpar o outro pelas nossas feridas traz a nós a paz momentânea que precisamos para tentar esquecer aquilo que tanto nos feriu, porém esquecemos que o fato de que essas marcas sempre estarão por lá, prontas para virem à tona no primeiro momento que você encontrar àquele que você julga ter te machucado.
Depositar a cura de uma ferida na responsabilidade de outro a ter causado é um dos piores erros que estamos fadados a cometer.
Te desafio a agradecer. Está preparado? 
Pois é, nem eu estava, porém, foi uma das melhores atitudes que tomei e é o que tento fazer para curar grande parte das feridas que carrego comigo.
Diga obrigado a pessoa que te feriu por ela ter te tornado alguém mais forte.
Diga obrigado para a pessoa que te decepcionou por ter te ensinado a não depositar suas expectativas em quem não ter o dever de correspondê-las.
Diga obrigado a quem te traiu por te ensinar que pessoas são falhas e podem errar.
Diga obrigado a quem partiu por te ensinar que tudo pode ter um fim.
Diga obrigado para aquela pessoa ser quem é e por ter te tornado quem você é hoje.

“Muito obrigado por ser quem você é!”


Agradeça e recomece, ainda há tempo...