date Duas Leitoras | Literatura e entretenimento: {Resenha} Ame o que é seu - Emily Giffin

30/03/2017

{Resenha} Ame o que é seu - Emily Giffin

30/03/2017
Ame o que é seu capa original
Título: Ame o que é seu
Título original: Love the one you're with
Autora: Emily Giffin
Editora: Novo Conceito
Ano: 2010
Páginas: 310
Skoob
Avaliação: 4,5/5
* livro do acervo pessoal da blogueira *

“Como amar de verdade a pessoa que está comigo, se não consigo esquecer alguém que ficou no passado?”.

O tema deste livro deixa aquela pulga atrás da orelha, te faz imaginar como seria a vida se tivéssemos feitos outras escolhas. Esta é uma história para quem algum dia já se perguntou isso. Em Ame o que é seu o leitor encontrará a história de uma mulher (Ellen) dividida entre o amor real e aquele fatídico 'E se'.
O casamento de Ellen e Andy não parece perfeito, ele é perfeito. São inegáveis a profundidade da devoção mútua e o quanto um esperta o melhor do outro. Mas por obra do destino, certa tarde, Ellen revê Leo pela primeira vez em oito anos. Leo, aquele que partiu seu coração sem se explicar, aquele que ela não conseguiu esquecer.
Quando o reaparecimento dele desperta sentimentos há muito adormecidos, Ellen se põe a questionar se sua vida atual é de fato como ela queria que fosse.
O desenrolar da história é contagiante, pois a cada página acontecem novas cenas que é quase impossível abandonar a leitura, ou... não se colocar em seu lugar.

Depois de ouvir inúmeras críticas aos livros da Emily Giffin, finalmente criei coragem e me joguei em uma de suas obras. O resultado? Adorei o que li!

Ellen é uma fotógrafa que atualmente é casada com Andy. O casamento deles não poderia ser mais perfeito, a irmã de Andy - Margot - é sua melhor amiga, ela tem um relacionamento incrível com a família do marido e ela sequer lembra da existência de Leo, seu ex-namorado que lhe deu um pé na bunda. Mas tudo muda quando ela esbarra com ele na rua e antigos sentimentos despertam.

Ame o que é seu resenha

Daí em diante, Leo começa a habitar a sua mente, os dois começam a se encontrar, ele até mesmo arranja um trabalho incrível para ela e, claro, Ellen não pode recusar. A aproximação entre os ex-namorados é permeada de sensualidade, dúvidas, arrependimentos, humor e nostalgia.

Mesmo que Leo não tenha sido o melhor namorado de todos os tempos, Ellen sente que nunca o esqueceu, em especial por conta da química que tinham e de todas as coisas em comum que compartilhavam. Mas como fazer isso dar certo? E decepcionar Andy, Margot e toda a família que passou a ser sua, também? Ellen precisa tomar uma decisão, e rápido.


Apesar de algumas pessoas discordarem, Ellen é uma personagem muito madura. Em alguns momentos ela age como se não fosse, é verdade, mas acredito que o ponto principal da trama é mesmo esse: se questionar, através das atitudes dela, o clássico "e se", pois no fim acho que todos pensamos assim, pelo menos em um momento da vida. E muitos de nós faria o que ela fez, apesar de não admitir.

A protagonista é uma pessoa muito verossímil, com suas qualidades e defeitos, dúvidas e certezas. As situações que ela vive são reais, são coisas que podem acontecer com qualquer um de nós, e por isso é difícil não se apegar a ela, é difícil não pensar "eu sei como você se sente, amiga. Senta aqui, vamos conversar."

Lembrei que não apenas há dois lados para cada história, como também essas versões evoluem com o tempo.

Leo é o típico cara caladão e aparentemente sem sentimentos, mas não chega a ser babaca nem nada do tipo, o que é um ponto positivo para a autora. Andy é o homem dos sonhos, o mesmo homem que muitas mulheres trocam pelo cafajeste por achar que o outro é "bom demais para elas". Você com certeza já viu/viveu uma história assim, admita.

Ame o que é seu resenha livro

Ame o que é seu é uma leitura curta, muito gostosa e que cumpre o que promete: momentos de leveza, diversão e certa tensão, pois não dá pra saber ao certo com quem ela decidirá ficar no fim. A tensão sexual entre ela e Leo é implacável, mas Andy é o marido perfeito. E aí, o que fazer?

Gostei muito dessa leitura. Diferente de algumas pessoas, em nenhum momento eu tive certeza de quem seria o escolhido da protagonista, pois a todo tempo ela tinha atitudes que mostravam que ela preferia um ou outro. Me senti tensa por ela, porque me coloquei em seu lugar e entendi perfeitamente o que é estar dividida entre alguém do seu presente e outra do seu passado que, bem ou mal, você ainda não esqueceu.

citações de Emily Giffin

A Novo Conceito fez um ótimo trabalho com a revisão de Ame o que é seu, pois não lembro de ter encontrado erros. A diagramação é bem simples: apenas no início dos capítulos há esses ramos de flores na lateral das páginas, que são amareladas, e a fonte tem um tamanho agradável pra leitura, assim como o espaçamento entre linhas e margens estão confortáveis.

Achei que só haviam duas capas nacionais para essa obra, mas acabei de descobrir que há três. De qualquer forma, continuo achando a "minha" a mais bonita. E vocês, de qual gostaram mais?

Ame o que é seu capas diferentes
Três capas diferentes para Ame o que é seu

O único motivo para esse livro não ter recebido avaliação 5 é que em alguns momentos se tornou repetitivo ver a protagonista indecisa entre os dois homens. Talvez se algumas poucas páginas fossem retiradas, a leitura seria mais fluida e proveitosa. Tirando isso, não consigo não elogiar a obra. 

Estou pensando em sortear esse livro pra vocês... o que acham? Me contem nos comentários!

Top comentarista março/2017

33 comentários:

  1. Oi Kemmy,
    Já li um livro da autora e achei tão fraquinho que não me encorajei a ler outros.
    Mas Ame o que é seu parece ser o tipo de livro que vc lê quando quer algo mais leve e descontraído.
    Ahh, obrigado pela indicação da Agatha para a coluna "[...] para quem não gosta de [..]". Com certeza faremos uma coluna para a Dama do Crime.
    Abraço,
    Alê
    www.alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Uma ótima historia para parar, refletir e pensar tudo o que a vida pode te oferecer e vc só tem uma escolha, mas e ai? a protagonista pensou em não magoar o marido? por que casou com ele então? não vou julgar antes de ler o livro mas esse negocio de duvidas de escolher entre um e outro não sei, a historia pareceu muito reflexiva e adoraria conhecer quero saber do final agora.
    Abraços!!!

    ResponderExcluir
  3. Amei a resenha do livro, fiquei bem interessada em lê. Parabéns pelo post, muito bem explicado. Bjus sucesso ❤

    ResponderExcluir
  4. Genteeeee do céu, que frase é essa hein -“Como amar de verdade a pessoa que está comigo, se não consigo esquecer alguém que ficou no passado?”.-?! Dessa frase já entendemos como pode ser esse livro. Amo resenhas literárias, já quero ler.

    ResponderExcluir
  5. Olha parece uma ótima leitura. E eu adorei essa capa mais do que as outras também. Faz sorteio sim 😁

    ResponderExcluir
  6. Menina do céu esse livro deve ser tudo de bom, minha mãe sempre me diz ame o que é seu se passado fosse bom não seria passado e sim presente e super com cordo sei que as vezes da aquele pulga atrás da orelha se fizemos a escolha certa, mas sempre gosto de apostar no momento. Beijos

    ResponderExcluir
  7. Eu ainda não li esse livro e fiquei bem curiosa. Me imaginei na situação da personagem (quem não tem um amor mal resolvido?) e isso me deixou curiosa. Vou adicionar na minha lista de leitura. bjs

    ResponderExcluir
  8. Adoro livros assim, a capa já chama bastante atenção por ser linda! Com certeza já quero ler, parabens pela resenha! <3 Paola COsta

    ResponderExcluir
  9. Oii tudo bem?
    Fiquei encantada pela resenha, ainda não conhecia a autora, e com certeza é um dos livros que vai entrar para minha listinha de próximas leituras. Gosto de livros com um pouquinho de indecisão do personagem, a gente sempre se surpreende com ele.

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Parece ser um bom livro, não conheço a autora mas o título do livro já me chamou bastante a atenção, quando tiver oportunidade para ler o livro, com certeza irei ler. Parabéns , sucesso!!

    ResponderExcluir
  11. Nossa parece ser super bom esse livro , pois apesar de não me interessar tanto por livros esse me chamou a atenção, fiquei com vontade de ler rsrs

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Sua resenha me deixou curiosa para ler a obra, mas não no momento. Eu estou atrás de livros de suspense e mistério e vou ler um taaaanto de livros deste gênero antes de me aventurar em um novo romance. Vou anotar a sua dica!

    ResponderExcluir
  13. Boa tarde

    Já levem aquele livro que faz a gente refletir. ADORO. Sempre peço como seria minha vida se tivesse feitos outras escolhas, acho que iria melhorar porque, estamos muito mais maduros do que o ontem, entende? Enfim, sobre a resenha em si, adorei a personagem Ellen. Primeiro por ser madura, e segunda por fazer questionar sobre as coisas que poderíamos ter feito. Já o Léo, não gostei muito não, porque ele possui a clássica personalidade dos homens em livro. Enfim, mas adorei a resenha.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Oi lindona! Sorteia sim!!!!! Fiquei encantada com a obra! Acredito que todos nós já passamos, ou ainda vamos passar, pela situação da Ellen. Parece o típico romance que divide e ao mesmo tempo envolve do começo ao fim. Vou anotar o nome.
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Oi Kemmy.
    Eu adorei a premissa, entretanto o livro tem uma coisa que eu odeio que é um triângulo amoroso, e o fato dela ser casada ao meu ver piora tudo, fico feliz que tenha gostado da trama e se não fosse por isso eu leria com certeza, uma pena que o livro se tornou um pouco repetitivo, infelizmente isso acontece bastante, enfim adorei a capa mas essa não é uma leitura para mim.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  16. Oi, tudo bem? Esse livro me parece ser um daqueles que prendem o leitor de capa a capa. Posso até está enganado, mas essa história é típica daquelas criados com base em fatos reais, Com certeza muitos já experienciaram a vivencia da Ellen. A ideia que eu tive ao ler sua resenha é que se trata de um romance envolvente. Parabéns pelo blog e pela resenha! Vá além!!!

    ResponderExcluir
  17. Eu ainda não li o livro e também não conhecia mas parece ser uma leitura bem leve e rápida. Acredita que hoje mesmo eu estava pensando nisso, como seria se eu tivesse feito outros escolhas...ido por outro caminho...não cheguei a nenhuma conclusão rsrs

    ResponderExcluir
  18. Oi, Kemmy!
    Adivinha só? Ganhei esse livro em 2013, em uma promoção de 4, e foi o único dentre eles que não consegui terminar de ler por não gostar da leitura. Fico feliz em saber que sua experiência tenha sido tão boa, porque a minha mesmo foi péssima. Não consegui gostar da Ellen, muito menos do Leo, motivo pelo o qual eu simplesmente não consegui compreender em nada a dúvida da personagem entre dois homens cuja uma das opções era tão incrível e já tão estável como o Andy. E, sim, entendo os levantamentos que você fez sobre os questionamentos que nós mesmos nos fazemos no dia-a-dia e sobre acontecimentos ou escolhas que gostaríamos de mudar, mas no caso da Ellen eu simplesmente não consegui gostar ou me identificar, além de que a narrativa da autora em si me soou muito detalhista e alguns flashbacks que ela fazia no meio do presente do enredo acabavam me confundindo e eu não conseguia me envolver com a leitura, então infelizmente acabei abandonando-o e estou há anos tentando trocá-lo, mas sem sucesso; e é exatamente essa edição que você tem, inclusive, rs. De qualquer modo, parabéns pela ótima resenha, mais uma vez.
    Beijos!

    ♥ Sâmmy ♥
    ♥ SammySacional.blogspot.com.br ♥
    ♥ DandoUmadeEscritora.blogspot.com.br ♥

    ResponderExcluir
  19. Kemmy!
    Já li esse livro e também gostei.
    Concordo, tem algumas partes repetitivas, o que dificultou um pouco a leitura no sentido de ficar um tantinho de nada arrastada, porém recomendo.
    Acabei de ler outro livro da autora e gostei muito.
    “Não há nada bom nem mau a não ser estas duas coisas: a sabedoria que é um bem e a ignorância que é um mal.” (Platão)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Quem nunca fez essa pergunta fatídica do livro não é mesmo?!
    A história e a confusão de Ellen parece coisa de novela, em que o espectador fica se perguntando o que faria no lugar dela, tenho certeza que leria esse livro super rápido afim de descobrir com quem ela escolhe ficar no final, haha.
    Amei a resenha e ainda não li nada dessa autora, por isso e pela minha curiosidade, acho válido você sortear pra nós esse livro *-*

    ResponderExcluir
  21. Oii!
    Conhecia esse livro, mas só tinha visto com a terceira capa. Minha amiga fica mandando eu ler direto, mas ainda não li (mas quero muito), toda vez que vejo meu ex fico fugindo, já ela ficou pensando nele rsrs Quero saber quem ela escolhe agora.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  22. Eu nunca li nada da Emily Giffin, mas sou super curiosa! Acho que vou começar por esse, adorei a resenha. Gosto de livros nesse tipo e adorei o tema, acho que a personagem deve ficar bem confusa com essa história do ex voltando, e até já tenho um "favorito" dos dois! =O Gostei mais da capa verdinha, não gosto muito de pessoas na capa (LOL), e adoraria que sorteasse! Quero ver quem ela escolhe :D

    Beijos!
    http://tipsnconfessions.blogspot.com

    ResponderExcluir
  23. Oi, Kemmy!!
    Adorei a resenha do livro!! Gostei muito da premissa do livro e da capa também e olha eu não li nenhum livro da Emily Giffin!! Pois é!! Adorei a ideia de você fazer um sorteio com esse livro!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  24. Gosto muito da escrita da Emily, mas não li este livro. Ela escreve de forma a nos colocar no lugar da personagem e sentir suas dúvidas. Aqui isso fica claro, diante dos "e se" levantados no enredo. Com certeza todos já fizemos isso na vida, e ainda faremos. Em relação a capa, gosto muito da 3º.
    Bjs

    ResponderExcluir
  25. Olá!
    Que bom que você fará um sorteio desse livro. Não conhecia, mas gostei da premissa e parece ser uma leitura divertida. Espero ter a oportunidade de ler.
    Ótima resenha. Beijos.

    ResponderExcluir
  26. Olá! EU SIMPLESMENTE AMO EMILY. E sua sensibilidade, quando escreve, ela é humana, delicada. Li Questões do Coração e Adorei. Com certeza vou ler este, livro, também.


    bjs


    http://entrepaginasemuitashistorias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Oii!
    Perfeito esse livro, confesso que me deu uma remexida...
    Enredo mto bom, algumas amigas leram e disseram mto bem, qro ler!
    Bjs

    ResponderExcluir
  28. Oi Kemmy !!! Esse livro realmente despertou meu interesse logo que vi a capa, e agora lendo sua resenha e a sinopse. Já está na minha lista enormeeee de desejados. Acredito que vale a pena. Ótima sua resenha, bjoooooooo

    ResponderExcluir
  29. Oi Kemmy,

    Nunca tive interesse em ler livros da Emily Giffin, pois suas histórias nunca me atraem, mas isso pode mudar. Ame o que é seu tem um tema bem interessante, só em ler a sinopse consegui sentir que a autora tratou de assuntos bastante reais, o que faz com que o leitor se identifique com a protagonista. Ellen terá que enfrentar uma situação bem complicada, é aquela velha história de seguir a razão ou o coração, só que neste caso é entre a estabilidade do casamento ou uma antiga paixão. Não consigo nem imaginar quem ela irá escolher e é bom saber que esse mistério se mantém até o final da história, deixando a leitura mais envolvente.

    ResponderExcluir
  30. Nossa!!! Esse livro se parece muito comigo, me fez lembrar o passado, como gostar de alguém agora se eu não esqueço o alguém do passado, tem tudo a ver comigo, nem sabia que existe um livro assim tão parecido comigo rsrsr, sua resenha é maravilhosa, adorei.

    ResponderExcluir
  31. Oi Kemmy!
    Eu nunca li nada autora, apesar de já ter ouvido falar dela.
    Eu não sou fâ de triângulos amorosos. Acho muito chata essa decisão de quem fica com quem.
    Não me animei pra ler :/

    ResponderExcluir

Os comentários passam por moderação, pois são todos lidos com muito carinho.

Ultimamente não tenho conseguido responder, mas retribuo as visitas de todos que deixam os links ao final do comentário. Beijos!